A fotografia de grupo dos convidados

Organizada conjuntamente pelo Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) e pelo IPIM, contando com o apoio da Federação Empresarial da China e dos Países de Língua Portuguesa, o Seminário sobre o Comércio de Serviços entre a China e os Países de Língua Portuguesa foi realizado no dia 1 de Junho, em Macau. O Seminário teve como tema principal a cooperação regional e oportunidades de comércio no sector de serviços, durante o qual as partes trocaram impressões sobre as formas como os sectores de serviços e do comércio da China e dos Países de Língua Portuguesa exploram o vasto mercado da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, utilizando as vantagens da plataforma de Macau, de modo a promover a cooperação económica e comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

A Secretária-Geral do Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), Dra. Xu Yingzhen, proferiu o discurso de boas-vindas na cerimónia de inauguração, o Vice-Ministro de Comércio e Serviços do Brasil, Dr. Douglas Finardi Ferreira, participou da cerimónia de inauguração e proferiu discurso. A Vogal Executiva deste Instituto e Secretária-Geral Adjunta do Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), Dra. Glória Batalha Ung, presidiu o Seminário e trocou impressões com os convidados do Governo de Macau, das áreas de finanças, do comércio de exportação, da legislação e dos serviços intermediários das línguas chinesa e portuguesa sobre a forma de expandir as potencialidades de investimento nos Países de Língua Portuguesa e demonstrar as vantagens únicas da Plataforma entre a China e os Países de Língua Portuguesa. Mais de cem membros governamentais, bem como representantes da Federação Empresarial, dos sectores de serviços, de finanças e de empresas, provenientes do Interior da China, dos Países de Língua Portuguesa e de Macau, participaram neste Seminário.