O Departamento do Comércio da Província de Guangdong realizou no dia 16 de Janeiro, em Macau, uma sessão de divulgação e esclarecimento sobre “Políticas e Medidas da Província de Guangdong para alargar a abertura ao exterior e aproveitar de forma activa o investimento externo” (adiante designadas por “Dez políticas para o investimento externo”), sendo o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) a unidade de apoio especial a este evento. Marcaram presença neste evento mais de 100 representantes de várias unidades administrativas da Província de Guangdong, nomeadamente: Departamento do Comércio, Departamento de Solos e Recursos, Departamento de Finanças; bem como do Departamento para os Assuntos Económicos e da Divisão de Negócios do Gabinete de Ligação do Governo Central na Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), do Governo da RAEM e do sector empresarial da RAEM.

Durante a sessão, o Director do Gabinete de Postos Fronteiriços e Vice-Director do Departamento do Comércio da Província de Guangdong, Dr. Wu Jun, fez uma apresentação sobre o desenvolvimento comercial de Guangdong e o conteúdo geral das “Dez políticas para o investimento externo”, com vários membros da delegação de Guangdong a explicarem de forma detalhada as políticas e as medidas. O Presidente do IPIM, Dr. Jackson Chang, e o representante das indústrias de Macau e dos jovens empreendedores, também Vice-Presidente da Federação da Juventude da Província de Guangdong e Vice-Presidente da Associação das Ourivesarias de Macau, Dr. Lee Koi Ian, proferiram discursos na ocasião.

Zhuhai e Macau irão implementar novo modelo para atravessar fronteira

Durante a sessão, o Dr. Wu Jun referiu que as empresas de Macau são bem-vindas a expandir os seus negócios em Guangdong, realçando que a Província espera também atrair mais empresas dos Países de Língua Portuguesa a investir em Guangdong, fazendo promoção através da plataforma de Macau. O responsável afirmou ainda que o regime das “Dez políticas para o investimento externo” irá trazer às empresas benefícios concretos, impulsionando Guangdong a concretizar uma maior abertura ao exterior.

Quando a Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau entrar em funcionamento, será aplicado no canal Zhuhai-Macau da Ponte um novo modelo de “Inspecção Fronteiriça Integral”. A título de exemplo, o novo modelo permitirá aos residentes e visitantes atravessarem a fronteira com maior eficácia, permitindo que os passageiros que vão de Zhuhai para Macau só passem o sistema de identificação uma única vez. O tempo de passagem automática será diminuído para entre três e cinco segundos.

Pequenas e médias empresas de Macau gozam dos proveitos trazidos pelas políticas de apoio ao investimento

Na sessão de interacção e comunicação, os representantes de várias empresas de Macau ficaram a conhecer melhor as “Dez políticas de investimento externo” e fizeram várias perguntas. Muitos empresários referiram que a maioria das empresas de Macau são de pequena e média dimensão e têm dificuldade em tirar partido dos incentivos financeiros para novos projectos de grande escala. Um responsável do Departamento do Comércio da Província de Guangdong afirmou durante a sessão que nas “Dez políticas para o investimento externo” estão definidas que as empresas de capital estrangeiro podem gozar igualmente das políticas relativas ao apoio à economia real de Guangdong assim como ao desenvolvimento de empresas privadas. O mesmo responsável acrescentou ainda que as micro, pequenas e médias empresas de Macau podem também registar-se para beneficiar destas políticas de apoio ao investimento.

Dados de negócios de Guangdong em 2017

O valor total das importações e exportações durante 2017 atingiu RMB 6,82 trilhões, um crescimento de 8 por cento em comparação com o ano anterior. Neste âmbito, o valor das exportações e importações de produtos registou um crescimento de 14,3 por cento durante 2017, com o volume total das exportações e importações de produtos a exceder por 9 pontos percentuais o volume das re-exportações durante o mesmo período. O investimento externo já concretizado na Província de Guangdong atingiu US$22.948 milhões em 2017. O investimento externo no sector secundário registou um aumento de 10 por cento e o investimento de empresas dos Estados Unidos da América e de países desenvolvidos da Europa cresceu 19 por cento, elevando o papel do investimento externo no desenvolvimento da economia real de Guangdong. Os resultados da reforma e inovação da Zona Piloto de Comércio Livre de Guangdong são significativos, totalizando 111 experiências inovadoras de iniciação de gestão de contas de moedas nacional e estrangeiras, as chamadas NRA+. Até ao final de 2017, as 500 maiores empresas a nível mundial estabeleceram 411 representações na Zona Piloto de Comércio Livre de Guangdong. Além disso, houve 178 empresas líderes de mercado que decidiram estabelecer as suas sedes nesta zona, acelerando o fluxo de investimento externo para a economia real da Província de Guangdong. Por outro lado, ao elevar gradualmente a capacidade de desalfandegamento, Guangdong assumiu uma posição de liderança a nível do país no âmbito do padrão nacional de “interface único”.

Tin295_p12a

O Vice-Director do Departamento do Comércio da Província de Guangdong, Dr. Wu Jun, apresenta a situação do desenvolvimento comercial da Província de Guangdong e o conteúdo geral das “Dez políticas para o investimento externo”

Tin295_p12b

A sessão de divulgação e esclarecimento sobre as “Políticas e Medidas da Província de Guangdong para alargar a abertura ao exterior e aproveitar de forma activa o investimento externo”, realizada em Macau, contou com a presença de mais de 100 representantes dos diferentes sectores da sociedade