Fonte: Macauhub

O governo do Reino Unido comprometeu-se a desembolsar 64 milhões de libras para financiar projectos em Moçambique de apoio ao sector agrícola, para aumentar o acesso à energia eléctrica e o fortalecimento económico das mulheres, segundo um comunicado do Alto Comissariado britânico em Moçambique.

O compromisso britânico relativamente a Moçambique, assumido durante a Cimeira de Investimento Reino Unido – África, inclui parte dos 200 milhões de libras destinados à África Austral com o objectivo de reduzir as barreiras ao comércio e aumentar o investimento.

O comunicado divulgado em Maputo informa que dois milhões de libras serão aplicados na “expansão, significativa, das acções relacionadas com o fortalecimento económico das mulheres” e adianta que acções similares serão realizadas noutros países da África Austral.

Para aumentar o acesso à energia doméstica e comercial, através da inovação e investimento do sector privado, o Reino Unido anunciou um novo programa igualmente para Moçambique, orçado em cerca de 22 milhões de libras.

Outros 40 milhões de libras serão desembolsados a favor de Moçambique para “ampliar o apoio ao sector agrícola ao longo dos próximos cinco anos.”

“O financiamento melhorará a participação do sector privado em áreas seleccionadas da agricultura para promover maior resistência climática, além de estimular o crescimento sectorial e a transformação da economia de Moçambique”, afirma-se na nota do Alto Comissariado britânico.

A Cimeira de Investimento Reino Unido – África reuniu mais de um milhar de pessoas, incluindo Chefes de Estado e ministros de governos africanos, presidentes executivos e representantes de empresas africanas e britânicas, investidores institucionais, organizações internacionais, instituições financeiras e sociedade civil.