O 11.º Fórum Internacional sobre o Investimento e Construção de Infraestruturas irá ser realizado entre os dias 2 e 3 de Dezembro, em Macau. Ao longo das dez edições realizadas, o Fórum tem conseguido atrair anualmente a participação de mais de 70 países, regiões e organizações internaciona

is multilaterais e mais de 2000 convidados, sendo já um evento muito influente no âmbito de cooperação na área de infra-estruturas que acontece anualmente. Desde que passou a ser realizado em Macau, em 2012, o Fórum tem apostado em enfatizar as características próprias da região e em valorizar elementos que sejam favoráveis ao seu desenvolvimento socioeconómico. De acordo com as opiniões das empresas de Macau que participaram neste evento no passado, a plataforma estabelecida pelo Fórum é um instrumento útil e eficaz que contribui para a negociação e a firmação de parcerias com as delegações oriundas de países e regiões abrangidos pela iniciativa “Faixa e Rota”, ajudando, deste modo, as empresas da região na exploração do mercado estrangeiro.

Segundo as afirmações do Presidente da Companhia de Obras e Construção Kong Sing Limitada, Sr. Ao, esta será a segunda participação da sua empresa no Fórum, sendo que a experiência da edição passada veio trazer um maior reconhecimento à empresa, o que permitiu o conhecimento das suas condições de gestão e funcionamento a mais empresas homólogas estrangeiras. Durante a edição anterior, a empresa estabeleceu parceria com uma empresa do Equador, através da assinatura de um acordo para a construção de habitações pré-fabricadas, assim como conseguiu firmar uma relação de cooperação de negócio com representantes de países como a Malásia e Angola. Numa visão prospectiva sobre a edição deste ano, a empresa irá procurar potenciais parceiros, sobretudo entidades de países envolvidos na iniciativa “Faixa e Rota”, com a esperança de que a participação no Fórum possa promover o desenvolvimento dos negócios da empresa, expandindo o seu mercado até aos quatro cantos do mundo.

Por outro lado, o Presidente da Charlestrong, Materiais de Desenvolvimento de Infraestruturas e Construção Limitada, , Sr. Shi, revela que a sua empresa já participa no Fórum desde 2013, tendo obtido resultados muito positivos tanto na promoção da visibilidade e popularidade da marca como no desenvolvimento do negócio. Ao longo dos anos, aproveitando as oportunidades oferecidas pelo Fórum, a empresa tem estabelecido diversos memorandos de entendimento com as empresas originárias de países abrangidos pela iniciativa “Faixa e Rota”, com destaque para empresas de Moçambique, enquanto que, a nível interno, a empresa também tem acordos de cooperação assinados com empresas de engenharia do Interior da China. Além disso, a participação no Fórum ainda trouxe à empresa vários parceiros estratégicos de longo prazo, que têm manifestado uma tendência muito favorável na promoção da cooperação entre ambos.

O Sr. Tang, o Presidente da Associação de Engenharia e Construção de Macau, uma das entidades de apoio à organização do Fórum, explica que, com a realização do Fórum, as empresas da região têm uma excelente oportunidade à sua disposição para poderem comunicar, negociar e firmar parcerias com outras empresas provenientes de mais de 70 países e regiões do mundo. A própria Associação, em edições anteriores, também estabeleceu relações de cooperação com entidades homólogas do Interior da China, de Taiwan e de outras regiões, no que diz respeito ao desenvolvimento de infraestruturas, com diversos acordos importantes assinados. Segundo ele, passada uma evolução de dez anos, o Fórum já se tornou um dos eventos internacionais mais influentes e prestigiosos organizados pelo País em Macau, sendo considerada uma plataforma essencial da China para o impulsionamento da cooperação e investimento nos projectos contratados destinados ao exterior, bem como para a promoção da iniciativa “Faixa e Rota”. Por fim, o Sr. Tang manifesta optimismo no futuro risonho deste evento.


O Fórum Internacional sobre o Investimento e Construção de Infraestruturas apoia empresas na exploração do mercado estrangeiro.

O Fórum Internacional sobre o Investimento e Construção de Infraestruturas apoia empresas na exploração do mercado estrangeiro.